terça-feira, 30 de junho de 2009

Declarações de famosos sobre a morte de Michael



Matt Fiddes, ex-guarda-costas
"Ele é o homem mais mal compreendido do mundo. Todos achavam que ele era um louco esquisito, mas quando você está com ele ele é tão normal como todo mundo. Não acho que ele se sentia famoso como todo mundo achava, ele não pensava assim. Ele era um sujeito carinhoso, que fazia de tudo para ajudar os doentes. Uma noite em Londres ele quis ver pessoas sem-teto. Ele mandou uma porção de pizzas em segredo. O cara tinha um bom coração. Ele costumava se disfarçar e fugir do quarto do hotel e fazer coisas normais em lojas, as pessoas não sabiam quem ele era, mas isso dava a ele um gosto da vida real".

Lisa Marie Presley, ex-mulher de Michael Jackson
"Estou tão triste e confusa, com todas as emoções possíveis. Meu coração está partido por causa de seus filhos, que eu sei que eram tudo para ele, e por sua família. Essa é uma perda imensa em tantos níveis, as palavras me escapam".

Madonna, cantora
"Não consigo parar de chorar por causa dessa notícia triste. Sempre admirei Michael Jackson - o mundo perdeu um de seus grandes, mas sua música viverá para sempre. Meu coração está com seus três filhos e com os outros membros de sua famíila. Deus o abençoe".

Jermaine Jackson, irmão
"Meu irmão, o lendário rei do pop, Michael Jackson, faleceu na quinta-feira 25 de junho de 2009 às 2h26pm. Acredita-se que ele tenha sofrido um ataque cardíaco em sua casa. Nossa família pede que a mídia respeite nossa privacidade neste momento difícil. E que Alá esteja com você, Michael. Amo você".

Cher, cantora
"Estou tendo um milhão de reações diferentes das que achei que teria. Ele era um grande cantor - Deus dá certos dons e esta criança era uma criança tocada por esse talento. Ele cantava como ninguém e conseguia conectar-se às pessoas".

Celine Dion, cantora

"Estou chocada. Estou perplexa com essa tragédia. Michael Jackson foi um ídolo por toda minha vida. Ele não era apenas uma pessoa talentosa, era único - um gênio. É como quando Kennedy morreu, quando Elvis morreu. Minha solidariedade está com a família. É uma grande perda e ainda não parece realidade".

Quincy Jones, produtor musical
"Estou completamente devastada com essa notícia. Não tenho palavras. A divindade uniu nossas almas e nos permitiu que fizéssemos o que fizemos nos anos 80. Até hoje sua música é tocada em todos os cantos do mundo, e o motivo para isso é que ele tinha tudo - talento, graça e profissionalismo. Perdi meu irmãozinho hoje e parte da minha alma se foi com ele".

Outras notícias sobre Michael Jackson Clique Aqui

1 comentários:

quel disse...

poxa, fiquei emocionada com a declaração do ex-guarda-costas. é exatamente assim que sempre o imaginei!

2 de julho de 2009 11:22

Postar um comentário